Como Conseguir o Melhor Crédito Automóvel?

Dicas para escolher o melhor financiamento de veículos para as suas necessidades!

Antes de fazer um financiamento deve ter em atenção vários fatores: o número de parcelas que vai pagar, taxa de juro e os custos adicionais do empréstimo automóvel.

Veja as nossas dicas de financiamento de veículos para evitar a escolha errada de um golpe ou um financiamento com taxa de juros muito elevada.

Diferentes financiamentos têm condições diferentes – encontre o financiamento com as melhores taxas para a sua situação financeira.

Aprenda como negociar a taxa de juro com a financeira para ter o melhor preço e não ser enganado!

Refinanciamento de Veículos

Refinanciamento de veículos é uma forma de você conseguir dinheiro através de um bem que você possui. Se você procura uma alternativa ao empréstimo pessoal ou empréstimo consignado você pode utilizar um refinanciamento de veículos pela taxa de juro menor.

O refinanciamento de veículos aplica-se a veículos já quitados, ou seja, o veículo tem de estar totalmente pago. Você faz uma nova simulação do valor do veículo e financia de novo, como se estivesse comprando de novo. Em vez de o valor ficar com o banco, o banco passa o valor financiado para a sua conta você fica novamente a pagar prestações sobre o carro.

O refinanciamento de veículos é uma modalidade de empréstimo que facilita a sua vida e uma oportunidade para você que precisa de dinheiro rápido e possui um automóvel sem inovo quitado e em bom estado e quer continuar com ele. Muitos empréstimos pessoais têm taxas de juro elevadas, um refinanciamento de veículo pode tornar possível você emprestar dinheiro pagando menos juros que num crédito pessoal.

Nesta modalidade, você poderá conseguir até 80% do valor de mercado de seu automóvel e pagar em até 36 parcelas fixas. Apesar de poder pagar até 36 vezes deve pagar em menos tempo, regra geral não mais de 24 meses. Quanto mais tempo você demora a pagar o dinheiro de volta mais juros acaba por apagar e mais caro se torna o refinanciamento de veículos.

Esta é a melhor opção para obter o dinheiro que você precisa e utilizá-lo para uma viagem, uma reforma de casa ou qualquer outra necessidade importante. É necessário pensar bem se a despesa vale a pena ou se pode evitar este refinanciamento do veículo. O refinanciamento de veículos acaba por ser mais seguro que empréstimo com fiador, só que você acaba por criar uma dívida sobre um bem já quitado.

Apesar de muitas empresas oferecerem este tipo de financiamento o refinanciamento de veículos é um mau negócio. Refinanciar seu próprio veículo não é boa idéia a não ser que você tenha uma divida importante para pagar. As ofertas deste tipo de refinanciamento são tentadoras, pois as taxas de juros giram em torno de 3,5% ao mês, que quando comparadas com as taxas cobradas no cheque especial ou empréstimo pessoa que estão na média de 7% ao mês.

Em certas empresas de crédito, bancos e outras financeiras é permitido financiar até 50% do valor do veículo, com prazo de até 48 meses, com uma taxa de juros de 3,5% ao mês. Vamos analisar este exemplo. A taxa parece atrativa e o valor não parece alto… Porém essa taxa mensal representa juros de 421,36% ao terminar o contrato.

Assim o consumidor pagaria 5,21 vezes o valor financiado no final das 48 parcelas. Essa magia dos números deve-se à aplicação dos juros sobre juros, ou os chamados juros compostos. Os juros compostos são livremente praticados no mercado financeiro apesar de serem proibidos pela nossa legislação atual.

No refinanciamento de veículos o seu veículo é a garantia do refinanciamento, ou seja, se você estiver com duas parcelas do financiamento em atraso, a financeira aciona o departamento jurídico para que o veículo seja apreendido, e posteriormente leiloado. No leilão o veículo é leiloado por menos de 50% de seu valor de tabela, é o valor obtido em leilão é deduzido da dívida pendente. Neste caso se você não tiver pago os 50% do valor do refinanciamento ainda fica a dever à financeira.

Apesar do refinanciamento de veículos ter um juro mais baixo para quem está endividado com cheque especial, cartão de crédito ou financeiras e paga juros elevados não é um bom negócio. Com os juros superiores a 8% ao mês, deve avaliar com atenção a opção de refinanciamento de veículos oferecida por alguns bancos. Até as seguradoras já começam a entrar nesse mercado de refinanciamento, o que deverá baratear as taxas e reduzir suas despesas com juros.

4 Comentários em “Refinanciamento de Veículos”

  1. Fátima Mota disse:

    Gostaria que me informe como podia fazer um refinanciamento do meu veiculo mas tenho um problema no Banco de Portugal. Obrigado


  2. Silvio disse:

    Tenho um Honda quitado. Estou precisando de dinheiro.


  3. Rosana disse:

    Tenho um Agile 2010/2011 e gostaria de refinancia-lo. Como devo proceder?


  4. Sergio disse:

    Bom dia. O refinanciamento de um bem seja carro, moto, imovel ou outro exige um planejamento sério pois caso exista inadimplencia a vida pode tornar-se um pesadelo porque há o risco de perder o bem que fica alienado a um banco ou financeira e penso que só em ultimo caso, além do que é preciso um seguro para garantir a integridade do bem e ressarcimento em caso de perda total ou furto em se tratando de veiculo e sempre considerar que a parcela deve ser paga com certa folga para não haver imprevistos, porque os credores raramente são complacentes com o devedor e sempre arrumam mais juros e encargos em qualquer adversidade.
    Acabei de alienar um veiculo e nunca a sensação é a mesma de te-lo sem reserva, melhor se possivel emprestimo pessoal com o veiculo livre, e as taxas de refinaciamento são maiores que a de uma compra com financiamento.


Deixe um comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>